Pesquisar

JERUSALÉM LIBERTADA, O POETA TORQUATO TASSO E O EDITOR ALBRIZZI

Gerusalemme liberata (Jerusalém Libertada) é um célebre poema épico do poeta italiano Torquato Tasso (1544 - 1595), publicado pela primeira vez em 1581. Escrito em estrofes de oito linhas comuns, a obra-prima de Tasso é conhecida pela beleza de sua linguagem, expressões profundas de emoção e a preocupação com a precisão histórica. O tema do poema é a Primeira cruzada, de 1096 a 1099, e a busca do cavaleiro Franco Godofredo de Bulhão para liberar o sepulcro de Jesus Cristo. Tasso nasceu em Sorrento, no Reino de Nápoles, e seu interesse nas Cruzadas provavelmente foi instigado pelo saque de Sorrento, em 1558, pelos turcos otomanos e a luta contínua entre os poderes muçulmanos e cristãos pelo controle do Mediterrâneo. Ele concluiu a obra em 1575, mas passou vários anos revisando o texto antes de sua publicação em 1581. A edição em dois volumes foi publicada somente em 1745, pelo jornalista, editor de livros e mapas, o veneziano Giovanni Battista Albrizzi (1698 - 1777), membro de uma família ativa no comércio livreiro de Veneza. O mapa do Brasil foi publicado por Giovanni Battista Albrizzi, por volta de 1740, com observações especulativas acerca das pessoas e da geografia do interior do Brasil. Albrizzi desempenhou um importante papel na vida intelectual da cidade e editou um boletim semanal, “Novelle della Repubblica delle Lettere” (Notícias da república das letras), que analisava e comentava os livros publicados por toda a Europa.