Parasitas que "habitam" o Google

Sucesso no Google é ter um bando de parasitas (seres que vivem em função de outros) na cola copiando tudo que você faz. Nota de ocasião - ou aviso a quem possa interessar - que através de links patrocinados me seguem aos bandos, cegamente. Eu referência? Menos. Que eu tenha sucesso - sempre. Recado aos parasitas: rezem por mim. Que eu erre pouco e continue - vez por outra - acertando o gol. Não quero ser o Flautista de Hamelin e arrastar ratos para o buraco. Segredando aos que não me conhecem: sou frágil, teimoso, cheio de manias e guerreiro. Um pluriapto imperativo nível três. Rezem - muito - com ajuda de tudo: santinho, vela, terço, medalhinha, sal grosso e água benta. Hoje estamos comemorando o “quase estrondoso” sucesso do projeto Feiras do Livro. Obrigado aos colaboradores e amigos que estão ao sol e perfilados. Lado a lado. Um desconto no prego da vida: sou um exagerado! Aqui cabe um desconto de oportunidade. Viver é fazer da vida um poema sem-fim.

03.10.2020