Cór significa Coração

Pasquale Cipro Neto está na “lista” das pessoas interessantes, que quero um dia conhecer. Sou aluno do seu programa na CBN de nome A Nossa Língua de Todo Dia. Ontem aprendi sobre o pronome relativo CUJO (que serve para criar uma relação de posse) e onde é o seu lugar de direito. CUJO (palavrinha feia que começa com cu) deve ficar entre o possuidor e o possuído. Pronto! Aprendi. Nunca mais vou esquecer da dica. Sexo total (cabe aqui a música Amante Profissional do Herva Doce). Na aula de hoje aprendi sobre a palavra “cór” (sem acento). O acento diferencial é utilizado para permitir a identificação mais fácil de palavras homófonas, ou seja, que têm a mesma pronúncia. A surpresa de hoje foi saber que “cór” significa coração. Não sabia. Quando você diz: de cor e salteado significa “sem esquecer nada” do tempo que achávamos que era o coração o arquivo da memória afetiva, dos sentimentos e do amor. Resumindo tudo: amante profissional de cór entre o possuidor e o possuído cuja relação de posse é a língua nossa de todos os dias.