Controvérsia. Eu e as Palavras

Eu e as palavras. Não há como negar a força de cada uma delas. Dividem-se em duas categorias: as boas de boca e as boas de texto. As boas de oratória (a arte do bem dizer) quando “ditas” no certo da hora - com energia e sabedoria - são sentenças perfeitas de vida ou morte. Assim acontecem com os pensamentos, os provérbios e as máximas. As palavras boas de texto (as que permitem interpretação e transmitem uma mensagem) geralmente acompanham a ideia principal ou ideia mãe de uma obra. Hoje me “peguei” com a palavra controvérsia (boa de boca ou boa de texto?) no sentido de discussão, disputa, polêmica da questão sobre a qual há divergências. Controvérsia é uma palavra quando usada de cunha em conflitos, brigas e bate-bocas costuma causar estragos e valorizar o contraditório. É o tal do “não é bem assim”. A palavra contenção, sinônimo de controvérsia, acende o sinal de alerta do princípio da dúvida. Assim sendo dou-me a escolher: palavra boa de texto!  Fica o aviso: contestação e impugnação são palavras que também habitam o universo das controvérsias.