UBE 21 DE ABRIL DE 1992 - COTIDIÁRIO - POSSIDONIO SAMPAIO - RICARDO RAMOS (HOMENAGEM) - FABIO LUCAS (JUCA PATO) E O DESPEJO

Conheci o escritor baiano Antonio Possidonio Sampaio (1931-2016) nos anos 80, na sede da UBE - União Brasileira de Escritores, em São Paulo. O livro ABC Cotidiano -  Cotidiário (Alpharrabio Edições, 1993) chegou autografado pelo autor com data do dia 2 de dezembro de 1993. Provavelmente data da ultima reunião de diretoria do ano. Dedicatória: “Ao João Scortecci que me ajudou a escrever este “cotidiário”, com apreço. Assinado: Possidonio Sampaio.” Eu? Não sabia! Abri o livro (até então surpresa) e vi tratar-se de um “cotidiário” dos 365 dias do ano de 1992. Que legal! “Abre  ai no dia 21 de abril” Foi o que fiz: “Reencontro com amigos e velhos de lutas na inauguração do retrato de Ricardo Ramos no auditório Galeão Coutinho, da UBE. Com as mãos trêmulas, o historiador Edgard Carone improvisou sobre a fundação da entidade em 1942, uma associação de escritores profissionais e mais tarde (1958) se transformou na atual União Brasileira de Escritores. Fábio Lucas traçou um belo perfil do falecido, o homem e o artista. Falaram ainda sobre a história da UBE: Hernâni Donato e Jayme Martins.” (...) Henrique L.  Alves anunciou que estivera no INSS acompanhado de Aluysio Sampaio e J. B. Sayeg, conseguindo, finalmente, fechar um acordo com o Instituto, proprietário da sede, objeto de despejo em fase de execução. (...) Depois da emoção que envolveu os que lotavam o auditório, veio o momento da descontração, no bar e no salão, da entidade (...) Daí a pouco, uma surpresa: brinde especial a Fábio Lucas, que surpreso e sorridente, aceitou a indicação do seu nome para o prêmio Juca Pato, este ano completando a 30ª edição. A notícia correu de mesa em mesa: João Scorteci, Roniwalter Jatobá, Paulo Colina, Erorci Santana, Luís Avelima, J. B. Sayeg, Dalila e Valdecirio Teles Veras, Julieta de Godoy Ladeira, Anna Maria Martins, Aluysio Sampaio e tantos outros, deverão aparecer na lista de adesão, conforme asseguraram. (...) 

NOTAS:

1) Ricardo Ramos (ex-presidente da UBE) faleceu em 1992.
2) O acordo de suspensão do despejo da UBE junto ao INSS fracassou.
3) A UBE foi despejada no dia 7 de maio de 1994.
4) Fabio Lucas foi eleito Intelectual do Ano e recebeu o troféu Juca Pato de 1991.