Pesquisar

PEIXES-BANANA, REVISTA “THE NEW YORKER” E J. D. SALINGER

“The New Yorker” é uma revista norte-americana dedicada à cobertura da vida cultural da cidade de Nova Iorque, que publica críticas, ensaios, reportagens investigativas e também ficção. A revista - fundada por Harold Ross - estreou em 21 de fevereiro de 1925. A primeira capa, com um cavalheiro de cartola observando uma borboleta através de um monóculo, foi desenhada pelo artista gráfico, Rea Irvin (1881-1972), que também desenvolveu a fonte que é usada para logo e manchetes da revista. O conto “Um dia perfeito para os peixes-banana”, do escritor norte-americano J. D. Salinger (Jerome David Salinger, 1919-2010), foi publicado, pela primeira vez, na “The New Yorker”, no ano de 1948. O conto de Salinger relata um dos efeitos colaterais da Segunda Guerra entre alguns de seus sobreviventes: a melancolia, os transtornos mentais e a predisposição ao suicídio. O romance “O Apanhador no Campo de Centeio”, publicado em 1951, é o seu livro de maior sucesso de público e vendas. Um milhão de cópias são vendidas a cada ano, com vendas totais de mais de 65 milhões de exemplares. Foi incluído na lista da “Time Magazine” dos 100 melhores romances em inglês, escritos desde 1923. Salinger morreu de causas naturais em sua casa, em New Hampshire, em 27 de janeiro de 2010, aos 91 anos de idade.

03.10.2021