Pesquisar

BILINGUISMO DE ORWELL

Bilinguismo: o que é isso? A definição é polêmica. Os dicionários o definem como a qualidade “daquele que fala dois idiomas”. Hoje, estudiosos, são unânimes em afirmar: bilinguismo é muito mais que isso e deve ser “entendido” como o indivíduo que - concomitante - é fluente em dois ou mais algoritmos, em todos os campos e caminhos, do conhecimento. Um pluriapto! Lendo sobre bilinguismo literário, encontrei a seguinte definição: Bilinguismo é a capacidade de exercer tanto a leitura rápida cobrada pelos meios digitais, quando for o caso, a leitura profunda, exigida para pensar direito e fruir de tudo aquilo que um bom texto oferece. Um ser humano - médio - recebe hoje nos vários dispositivos que acessa, aproximadamente, 34 gigabytes de informação num único dia, o equivalente a um romance de 100 mil palavras. A título de curiosidade, o livro “1984”, de George Orwell (Eric Arthur Blair, 1903 - 1950), possui 65 mil palavras. Quase, portanto, 1,3 de 1984, por dia. 34 gigabytes de George Orwell, num piscar de olhos. Já pesou? Já disse: a definição é polêmica. 

João Scortecci