Pesquisar

DAS CAMUFLAGENS BUCHA DE CANHÃO

Das camuflagens! 85% das profissões que existirão em 2030 ainda não foram criadas. É o que dizem os especialistas. Não duvido disso! Até acho que algumas das “novíssimas” não são na verdade tão novas assim, mas profissões “reinventadas” e forjadas no prelo do virtuoso, com roupagens politicamente corretas e uma boa dose de perfume tecnológico. Nada contra! Hoje lendo sobre o assunto listei três delas: Influenciador (que ou quem influencia ou tem alguma espécie de influência sobre algo ou alguém), Gestor de crise (garantidor de que os problemas que vão extrapolar e atingir outras áreas) e Facilitador (alguém que ajuda um grupo de pessoas a compreender os seus objetivos comuns, auxiliando-os a planejar como alcançar estes objetivos). Três das novíssimas profissões que sempre existiram. Ou não? Antigamente - no tempo da brilhantina e da pasta 007 - eram profissões lúdicas, secretas e até certo ponto, reservadas. Nomes, endereços e telefones guardados na cadernetinha vermelha das emergências. Lembro-me de alguns nomes: O influenciador Nelson, boca fiada, o Gestor de Crise, João bucha de canhão e a facilitadora Aninha língua Doce. Conheci outros: Chico fala mansa, Raimundo quebra-galho e Pedro camuflagem. Cada um deles especialista na sua área de profissão. Nota de rodapé: hoje virtuosos da web.

03.01.2021