Ler Poe é, antes de tudo, reconhecê-lo!

Láudano poético: branco, açafrão, cravo, canela e ópio. Lendo sobre o romantismo sombrio - fascinação popular com o irracional, o demoníaco e o grotesco - e a obra do poeta Edgar Allan Poe (1809-1849) encontrei nota sobre o significado da palavra embuste (Hoax, em inglês): tentativa de enganar um grupo de pessoas, fazendo-as acreditar que algo falso é real. Os “embustes” estão na moda e parece que vão ficar no espelho do novo normal. É possível perpetrar um “embuste” fazendo somente declarações verdadeiras. Embuste ou Fake News? Segundo o “pai dos burros inteligentes” a expressão Fake news é usada desde o final do século XIX e se tornou popular em todo o mundo para denominar informações falsas que são publicadas, principalmente, em redes sociais. Voltando ao Edgar Allan Poe e o Corvo: "Senhor, por favor, ajude minha pobre alma”. Láudano para os ingênuos! “Qual é teu nome, ó nobre Corvo, o nome teu no inferno torvo! E o Corvo disse: Nunca mais.” Embuste ou Fake News? Ler Poe é, antes de tudo, reconhecê-lo.

05.09.2020