Das Badernas! Isso explica algo ou alguma coisa de nós!

Das badernas! Maria Baderna é única! No português brasileiro e no furor que causou na cidade do Rio de Janeiro (Brasil Império), no ano da graça de 1851 (data da sua primeira apresentação). Maria Baderna (Marietta Maria Baderna) foi uma dançarina italiana de Piacenza que com sua dança ganhou fãs e admiradores “baderneiros” que não conseguiam se segurar quando das suas apresentações em público. Baderna é palavra exclusiva do português brasileiro que significa confusão, desordem, bagunça. O sentido de “ausência de regra” surgiu com a chegada da moça no final do século 19. Talentosa, logo conquistou uma legião de fãs, admiradores tanto de seus passos de dança quanto de seu espírito rebelde, contestador e inovador. Baderna foi alvo de críticas ao introduzir elementos do lundum (dança afrobrasileira praticada por escravos) entre os passos da dança clássica - em meio a uma sociedade conservadora e escravista. A presença de “baderna” nos palcos era certeza de frisson cultural. Baderna nunca mais foi embora. Ficou no espírito do que somos! Morreu no Rio de Janeiro, aos 64 anos de idade, no ano de 1892. Isso explica algo ou alguma coisa de nós!

24.09.2020